img_alt img_alt

Ouvidoria do Recife marca presença no 20º Congresso Brasileiro de Ouvidores/Ombudsman realizado no Paraná

Encontro reuniu mais de 300 pessoas, em Foz do Iguaçu-PR, representando instituições públicas e privadas de todo o Brasil.

Entre os dias 20 e 22 de novembro, a cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, sediou o 20º Congresso Brasileiro de Ouvidores/Ombudsman, que reuniu representantes de diversos estados da federação.  Com o tema “A ouvidoria avaliada pelo cidadão”, o encontro  procurou identificar a opinião dos cidadãos sobre a ação das ouvidorias públicas e privadas e também as tendências tecnológicas que auxiliam na comunicação do cidadão com as instituições. A  experiência exitosa da Ouvidoria Geral do Recife foi apresentada aos participantes através de um artigo publicado no lançamento da Revista Científica da Associação Brasileira de Ouvidores/Ombudsman.

O artigo, de autoria da Ouvidora do Recife, Izabela Mendes, apresentou aos leitores todo o processo de reestruturação do setor, com a implantação dos novos sistemas, questionários e metodologia utilizados no Recife. "Procuramos mostrar todo o trabalho de modernização e padronização da Ouvidoria. Isso é um fator essencial para o desenvolvimento do trabalho com o objetivo de alcançar as metas de qualidade e agilidade", disse Izabela.

Nas dezenove edições anteriores, a Associação Brasileira de Ouvidores/Ombudsman – ABO proporcionou o intercâmbio de experiências que viabilizaram a ampliação das Ouvidorias brasileira na administração pública e privada.

Referência para os setores públicos e privado de todo o Brasil, a Ouvidoria Geral do Recife serve de exemplo para outras instituições. Representantes dos municípios de Caruaru, Petrolina e Rio Formoso, além de clubes de futebol, estiveram algumas vezes no Recife para conhecer o trabalho da Ouvidoria.

Em quase três anos de atividades,  a Ouvidoria tem um índice de 75% na resolução das demandas. Educação, saúde, transportes, finanças e limpeza urbana representam  a maior parte das mais de 25 mil manifestações recebidas.

Adicione seu comentário

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.